In Verbis


icon-doc
REVISTA DE 2016

SMMP vai impugnar movimento dos magistrados do MP

  • PDF

Para o Sindicato dos Magistrados do Ministério Público "a raiz do problema", que está na base das opções “pouco acertadas" tomadas pelo Conselho Superior do Ministério Público, encontra-se na falta de quadros.

O Sindicato dos Magistrados do Ministério Público (SMMP) vai impugnar judicialmente o último movimento de magistrados por considerar que atenta “frontalmente” contra princípios básicos, designadamente o da estabilidade e da especialização, anunciou hoje o SMMP.

"Existe um sério retrocesso na especialização, princípio que norteou toda a reforma da organização judiciária", alerta o SMMP, em comunicado, aludindo ao movimento de magistrados decidido pelo Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) e agora divulgado.

De acordo com o SMMP, quando as reformas judiciárias e as imposições legislativas em todas as áreas invocam a especialização como condição de eficácia do sistema de justiça, retrocede-se "à polivalência e à flexibilidade de gestão com o pretexto de carência de quadros".

"A promoção da eficácia da justiça é assim uma mentira", critica o SMMP, observando que "a raiz do problema que está na base das opções pouco acertadas tomadas pelo CSMP encontra-se na falta de quadros".

"Existe um sério retrocesso na especialização, princípio que norteou toda a reforma da organização judiciária. Por exemplo, os magistrados do Ministério Público passarão assim a ser colocados em jurisdições e não em concreto em Departamentos de Investigação e Acção Penal ou Tribunais Criminais", explica o sindicato dirigido por António Ventinhas.

Ao mesmo tempo que apela aos procuradores que subscrevem o abaixo assinado a solicitar a criação de um curso excepcional de magistrados, o SMMP vai solicitar, de novo, audiências à ministra da Justiça, à Procuradora-Geral da República, ao director do Centro de Estudos Judiciários e a todos os Grupos Parlamentares para sensibilizar estas entidades para o "grave problema".

No dia 16 do mês de Maio, o SMMP divulgou o comunicado relativo ao movimento de Magistrados do Ministério Público de 2016, e, pouco antes dele, produziu um parecer, que remeteu ao CSMP, em que se pronunciou sobre o regime de mobilidade aprovado pelo mesmo CSMP.

Nesses documentos, o SMMP alertou para o facto de o quadro de magistrados do Ministério Público ser “manifesta e dramaticamente deficitário”, a ponto de comprometer as funções constitucionais atribuídas ao Ministério Público, sejam elas o exercício da acção penal ou a defesa da legalidade democrática, sejam a iniciativa processual na garantia de direitos fundamentais e na defesa do interesse público.

Lígia Simões | Económico | 06-06-2016

Comentários (2)


Exibir/Esconder comentários
Especialidade
Acho que têm muita razão.
Eu estou especializado em apertar parafusos para a direita e agora querem que aperte parafusos para a esquerda?

Aqui o meu colega do lado especializou-se em parafusos de estrela. Agora aperta parafusos de fenda.

E os ganhos de eficácia?
Expert , 07 Junho 2016 - 12:05:22 hr.
...
O Sr. Expert procura ser engraçado falando do que não sabe.

Mas para esclarecer esse senhor, usando uma analogia – e ao mesmo tempo lhe provocar uma série de raciocínios um pouco mais profundos, mas necessários se aquele quiser tecer comentários profícuos sobre o tema em análise –, digo-lhe/pergunto-lhe se desejaria ser operado a um problema ortopédico por um médico pediatra?

Qual o ganho para a eficiência e qualidade do serviço prestado à sua saúde Sr. Expert?

Pois bem, agora imagine que é vítima de um crime e quem está a investigar o seu caso é um Sr. Magistrado do MP que trabalha há anos na jurisdição cível, ou fiscal ,etc.

Nota: não sou Magistrado do MP
Contribuinte espoliado , 10 Junho 2016 - 12:44:39 hr.

Escreva o seu comentário

reduzir | aumentar

busy

Últimos conteúdos

InVerbis 2017 Com o termo do ano de 2016, cessaram as publicações de conteúdos nesta Revista Digital de 2016.Para acede...

O Sindicato dos Funcionários Judiciais (SFJ) avançou com uma providência cautelar no Tribunal Administrativo de Círculo ...

O Presidente da República afirmou esta quarta-feira em Coimbra que o sistema de justiça "é um problema", considerando qu...

Procuradores temem transferências sem consentimento que colocam em causa os princípios de estabilidade e inamovibilidade...

Últimos comentários

Tradução automática

Forense Magistrados: Ministério Público SMMP vai impugnar movimento dos magistrados do MP

© InVerbis | Revista Digital | 2016.

Arquivos

Sítios do Portal Verbo Jurídico