In Verbis


icon-doc
REVISTA DE 2016

Marcelo aconselha reserva aos juízes

  • PDF

Marcelo considera que a Justiça não comunica bem e avisa que o uso de «meios informais», para dar informação aos cidadãos, e «testemunhos personalizados» de magistrados têm «custos a prazo».

Na véspera da entrevista ao juiz Carlos Alexandre ir para o ar, o Presidente da República fez uma intervenção na conferência ‘Que Justiça Queremos?’ - organizada pela Associação Sindical dos Juízes Portugueses - em que alertou para os riscos da exposição pública dos magistrados e do recurso  a «meios informais» para fazer chegar informações à opinião pública. O discurso foi entendido como uma referência implícita às fugas de informação e às entrevistas e declarações à comunicação social.

«Crescentemente exigente para com a Justiça em tempo e modo, o cidadão comum raras vezes depara com explicações, com esclarecimentos, correspondentes a uma pedagogia formativa e informativa cuja omissão é uma das pechas antigas do nosso sistema judicial democrático», disse o Chefe do Estado, alertando de seguida: «É certo que por vezes se pensa que a ausência de estruturas ou de práticas ajustadas a essa função pedagógica pode ser compensada por meios informais que satisfaçam os anseios constantes da comunicação social, ou por testemunhos personalizados de intervenientes sujeitos a maior curiosidade ou pressão cívica ou mediática».

E são dois os perigos deste caminho são muitos: «Por um lado, o de adiar soluções orgânicas, sistemáticas e mais preparadas; depois o de acreditar que magistraturas ou magistrados podem, sem custos a prazo,  ombrear na arena pública com personagens ou figuras políticas, económicas e sociais cujo modus atuandi passa necessariamente pela crónica exposição à opinião pública».

SOL | 10-09-2016

Comentários (1)


Exibir/Esconder comentários
...
Eu cá, e muito democraticamente, também aconselho reserva ao Presidente da República.

Bisgas democráticas todos as podemos dar. Só que ao contrário da Presidência da República, as magistraturas não disponham de um gabinete de apoio semelhante ao daquela. Porque será?
E sai uma bisga democrática , 26 Setembro 2016 - 21:39:35 hr.

Escreva o seu comentário

reduzir | aumentar

busy

Últimos conteúdos

InVerbis 2017 Com o termo do ano de 2016, cessaram as publicações de conteúdos nesta Revista Digital de 2016.Para acede...

O Sindicato dos Funcionários Judiciais (SFJ) avançou com uma providência cautelar no Tribunal Administrativo de Círculo ...

O Presidente da República afirmou esta quarta-feira em Coimbra que o sistema de justiça "é um problema", considerando qu...

Procuradores temem transferências sem consentimento que colocam em causa os princípios de estabilidade e inamovibilidade...

Últimos comentários

Tradução automática

Forense Magistrados: Juízes Marcelo aconselha reserva aos juízes

© InVerbis | Revista Digital | 2016.

Arquivos

Sítios do Portal Verbo Jurídico