In Verbis


icon-doc
REVISTA DE 2014

Sociedade de advogados dos dois lados da barricada

  • PDF

A sociedade de advogados Telles de Abreu e Associados está presente no caso BPN. Mas o mais curioso, destaca hoje a revista Visão, é que consegue constar, em simultâneo, dos dois lados da barricada, representando o Estado mas também a ex-Sociedade Lusa de Negócios, atual Galilei.

Na edição desta semana da revista Visão, um dos destaques de capa é o facto de no caso BPN a Telles de Abreu e Associados estar em simultâneo a favor e contra o Estado.

A sociedade de advogados foi mandatada pela Parvalorem no resgate judicial de créditos e ativos tóxicos da instituição bancária, mas também representa a antiga Sociedade Lusa de Negócios (SLN), atual Galilei, grupo que foi dono do banco presidido por Oliveira e Costa.

André Navarro de Noronha, advogado-sócio da Telles de Abreu, é mandatário da Parvalorem, sociedade criada pelo Ministério das Finanças para gerir e resgatar os créditos e ativos tóxicos do BPN. Além disso, também representa o Estado no julgamento do principal processo-crime do caso BPN, no qual o ex-presidente do banco Oliveira e Costa é um dos 16 acusados, conta a Visão.

Porém, em Santarém, no Tribunal da Concorrência, Regulação e Supervisão, o mesmo advogado da Telles de Abreu e Associados assina uma impugnação judicial como mandatário da Galilei para isentar a sociedade de uma coima de quatro milhões, aplicada pelo Banco de Portugal (BdP) pela prestação de contas falsificadas e informações erradas ao supervisor.

Notícias ao Minuto | 11-04-2014

Comentários (6)


Exibir/Esconder comentários
Vendilhões do Templo
vergonhoso
velhinha , 11 Abril 2014 - 17:12:36 hr. | url
...
É os defensores oficiosos que prejudicam o estado...isto é só um exemplo...vejam o resto.

Vieira de Almeida, Judice, Servulo e associados...

Cumpts
Franciscoli , 11 Abril 2014 - 17:47:20 hr.
...
E onde anda o Conselho Deontológico da OA para fazer cumprir o art.º 94º dos Estatutos?
Deontologia , 11 Abril 2014 - 22:58:35 hr.
Winner
Já ganhou....
JCat , 12 Abril 2014 - 19:13:58 hr.
...
O Conselho Deontológico nestes casos não aparece e só interessa para alguns. Não há qualquer ética ou Deontologia...Se houvesse o Parlamento seria composto por diferentes pessoas e não só advogados de sociedades de advogados com interesses económicos...
Franciscoli , 14 Abril 2014 - 12:54:29 hr.
...
Errado. Essa sociedade não está dos dois lados da barricada. Está só de um dos lados: aquele onde jorra o pilim. Hão de ser sempre is mesmos mercenários!
Zeka Bumba , 24 Abril 2014 - 00:28:49 hr.

Escreva o seu comentário

reduzir | aumentar

busy

Últimos conteúdos

O Supremo Tribunal Administrativo fixou jurisprudência a rejeitar providências cautelares contra o novo mapa judiciário,...

O que é uma embaixada? Foi em torno da precisão deste conceito que se decidiu uma das batalhas judiciais em disputa entr...

Um erro das Finanças. Mais de três dezenas de pareceres, relatórios de quatro comissões. Mas só o parlamento açoriano fe...

O banco norte-americano vendeu mais de 4 milhões de ações do BES no passado dia 23 de julho, ou seja poucos dias antes d...

Últimos comentários

Forense Profissionais Liberais: Advogados Sociedade de advogados dos dois lados da barricada

© InVerbis | Revista Digital | 2014.

Sítios do Portal Verbo Jurídico