In Verbis


icon-doc
REVISTA DE 2014

Portugal perdeu mais de mil polícias

  • PDF

Portugal perdeu mais de mil elementos com funções policiais na PSP e GNR. O número, que preocupa chefias e associações sindicais, justifica-se com a quebra de entradas – que não cobrem as reformas.

No início deste ano, existiam 42 643 polícias, 47 por cento dos quais com mais de 40 anos de idade. Segundo documentos oficiais da PSP e da GNR, no início deste ano havia menos 1044 elementos policiais nas fileiras quando comparado com 1 de janeiro de 2013. A maior razia foi na GNR, que perdeu 645 militares (um acumulado de 1200 elementos a menos desde 2012).

"Uma em cada quatro saídas não foi colmatada", disse ao CM fonte oficial da GNR, justificando com "a passagem à reserva de 646 militares" e o "menor número" de guardas saídos dos cursos. Os 21 562 militares têm uma idade média de 38 anos. "O envelhecimento preocupa, porque enviamos para as patrulhas militares experientes mas já sem a agilidade e resistência que podem fazer a diferença", lamentou ao CM fonte da Associação dos Profissionais da Guarda (APG).

O envelhecimento do efetivo é ainda mais grave na PSP: 53,9% do total dos polícias têm mais de 40 anos de idade; e um em cada cinco têm mesmo mais de 50 anos. A PSP perdeu quase 400 polícias. "Durante este ano as saídas devem ter sido menores por via das leis aprovadas em 2013. Mas deverá agravar-se o envelhecimento do efetivo", explicou uma fonte da PSP.

Sérgio Vitorino | Correio da Manhã | 16-12-2014

Comentários (0)


Exibir/Esconder comentários

Escreva o seu comentário

reduzir | aumentar

busy

Últimos conteúdos

Com o termo do ano de 2014, cessaram as publicações de conteúdos nesta Revista Digital de 2014.Para aceder aos conteúdos...


O número de funcionários judiciais diminuiu 9,9 por cento em seis anos, enquanto os magistrados do Ministério Público au...

A partir de 1 de janeiro, os médicos vão recuperar os 20% tirados ao pagamento do trabalho extraordinário. ...

Últimos comentários

Forense Agentes Públicos Órgãos Polícia Criminal Portugal perdeu mais de mil polícias

© InVerbis | Revista Digital | 2014.

Sítios do Portal Verbo Jurídico