In Verbis


icon-doc
REVISTA DE 2014

Cadeia por falso alerta ao 112

  • PDF

A condenação é inédita em Portugal. Pela primeira vez umhomem, de 52 anos, foi condenado a uma pena de prisão efetiva por fazer uma chamada falsa para o 112.

Carlos R....., natural de Santo Tirso e residente em Felgueiras, foi sentenciado pelo Tribunal da Relação do Porto a três meses de prisão por ter inventado um acidente com cinco mortos na A24.

Refere o acórdão que o objetivo do arguido era chamar a atenção da mulher, de quem estava em processo de divórcio. A 1 de fevereiro de 2012, fez um telefonema anónimo, de seis minutos e 36 segundos, garantindo que era o único sobrevivente do despiste de uma carrinha de construção civil para um precipício, na A24, entre Vila Real e Amarante. Na chamada, disse que estava encarcerado e que os cinco colegas que seguiam no veículo estavam mortos. Não sabia, porém, explicar onde estava, devido ao nevoeiro intenso. Uma hora após o primeiro pedido de socorro, e numa altura em que já estavam naquele troço da A24 oito patrulhas da GNR, com 18 militares, um helicóptero e seis corporações de bombeiros, Carlos Arnaldo voltou a fazer um telefonema. Nessa chamada, de 15 minutos e 27 segundos, reiterou a ajuda e pediu para que fosse contactada a mulher, facultando o seu número.

Foi apenas quando ligaram para a companheira da suposta vítima que perceberam que a chamada era falsa. Aos operadores da linha de emergência, a família garantiu que o homem estava desempregado logo unca poderia ter tido qualquer acidente numa carrinha de trabalho.

Em primeira instância, tinha sido condenado a 110 dias de multa, num total de 550 euros, por um crime de abuso e simulação de sinais de perigo. O Ministério Público recorreu, e, além da pena de cadeia, a Relação juntou o pagamento de uma multa de 398 euros à GNR, pelo prejuízo causado em combustível.

PORMENORES PROBLEMÁTICO
Na zona em que reside, em Felgueiras, o homem é conhecido por ser problemático. O telemóvel usado nas chamadas foi localizado na Lixa, através de antena.

REGRESSAVA A CASA
Na falsa chamada, C..... garantia que vinha do trabalho, de Viseu, com destino a Felgueiras. O julgamento de primeira instância decorreu na ausência do arguido.

MEIOS NO LOCAL
Ao local acorreram os bombeiros de Castro Daire, Mesão Frio, Amarante, Viseu, Cruz Branca, Aguiar da Beira, a SIV de Lamego e a VMER de Vila Real. No local foram feitas buscas durante duas horas.

ARGUIDO COM CADASTRO
Carlos .... tinha cadastro pelos crimes de condução sem carta, falsas declarações, falsificação, burla qualificada e simples, emissão de cheques sem provisão, sequestro agravado e usurpação de funções.

Nelson Rodrigues | Correio da Manhã | 26-09-2014

Comentários (5)


Exibir/Esconder comentários
...
Cadeia com o artista
Nicodemos , 26 Setembro 2014 - 12:55:22 hr.
...
Mais um cidadão exemplar. Onde é que anda o ex-b*********o defensor dos oprimidos, para verberar esta decisão, de vergonhosa para baixo ?
Ah, é verdade, já me esquecia: mudou de tabuleiro, agora vai continuar a defender os oprimidos entrando directamente por cima, e embolsando salários obscenos, dos quais não prescinde...
Hannibal Lecter , 26 Setembro 2014 - 14:08:26 hr.
...
"Carlos .... tinha cadastro pelos crimes de condução sem carta, falsas declarações, falsificação, burla qualificada e simples, emissão de cheques sem provisão, sequestro agravado e usurpação de funções".

Só assim é que o "piqueno" foi bater com os costados na cadeia. Caso contrário, seria a multinha ou a peninha suspensa da praxe.
Zeka Bumba , 26 Setembro 2014 - 23:27:25 hr.
...
Só três meses?smilies/shocked.gif
Ivo , 28 Setembro 2014 - 18:07:03 hr.
...
Caro Zeka Bumba

Aplausos e de pé.

Mas de quem é a culpa de andarem à solta?
Mário Rama da Silva , 28 Setembro 2014 - 20:00:57 hr.

Escreva o seu comentário

reduzir | aumentar

busy

Últimos conteúdos

Com o termo do ano de 2014, cessaram as publicações de conteúdos nesta Revista Digital de 2014.Para aceder aos conteúdos...


O número de funcionários judiciais diminuiu 9,9 por cento em seis anos, enquanto os magistrados do Ministério Público au...

A partir de 1 de janeiro, os médicos vão recuperar os 20% tirados ao pagamento do trabalho extraordinário. ...

Últimos comentários

Atualidade Tribunais Cadeia por falso alerta ao 112

© InVerbis | Revista Digital | 2014.

Sítios do Portal Verbo Jurídico