In Verbis


icon-doc
REVISTA DE 2014

Paula Teixeira da Cruz: "Não se perdeu processo nenhum"

  • PDF

A ministra da Justiça garantiu esta terça-feira no Parlamento que não há processos perdidos apesar das deficiências na plataforma informática dos tribunais. Houve um "percalço", disse Paula Teixeira da Cruz, desvalorizando as acusações dos operadores judiciários de que está instalado o caos na justiça.

"Não se perdeu processo nenhum. Há dois back-up de tudo quanto há nos tribunais", assegurou esta terça-feira a ministra da Justiça no Parlamento. "Houve um percalço. A plataforma está a funcionar com deficiências, mas está a funcionar. Não se está a passar o que se passou com as comarcas piloto. Aí, sim, perderam-se processos", garantiu aos deputados.

Paula Teixeira da Cruz está na Assembleia da República, na Comissão Constitucional de Direitos, Liberdades e Garantias, na sequência de um requerimento apresentado pelo grupo parlamentar do PCP para apresentar esclarecimentos sobre os problemas na plataforma informática dos tribunais.

O Citius, recorde-se, deixou de funcionar no início de Setembro, quando começou a ser feita a transferência de cerca de 3,5 milhões de processos das antigas para as novas comarcas do novo mapa judiciário. O sistema informático não aguentou a sobrecarga e os processos não chegaram a ser migrados.

Apesar de os operadores judiciários insistirem que está instalado o caos e que os tribunais não funcionam, a ministra insistiu em que não deve ser "confundida a reforma com a plataforma". E desvaloriza: "a única coisa que tramita obrigatoriamente pelo Citius é o cível e as execuções. Não tramitam trabalho, menores... não estamos aqui a falar nem de crime, nem de menores nem família, nem de tribunais de execução de penas".

Filomena Lança | Jornal de Negócios | 23-09-2014

Comentários (6)


Exibir/Esconder comentários
...
Como é que pode ter tanta certeza disso?
Zeka Bumba , 23 Setembro 2014 - 23:27:51 hr.
Pelo menos até ver...
Não se perdeu processo nenhum na medida em que se perderam todos.
Ricardo Monteiro , 24 Setembro 2014 - 07:43:41 hr.
...
Trabalho não se tramita pelo CITIUS?? Ora bolas, eu que andei tantos anos enganado...
descontente (o original) , 24 Setembro 2014 - 07:47:51 hr.
...
E eu que desde o inicio do Habilus/citius que tramito os inquéritos naquele programa.
Será que a Senhora Ministra sabe do que está a falar? Ou será que os senhores o IGFEJ também a enganaram?
O Enganado do MºPº , 24 Setembro 2014 - 08:58:08 hr.
...
Quem chegasse a Portugal neste momento e visse este barulho todo à volta do Circos, até era capaz de pensar que antes funcionava tudo às mil maravilhas na justiça. Haja paciência!
Manuel do Monte , 24 Setembro 2014 - 10:24:56 hr.
...
smilies/grin.gif quem é que em tempos falava de falta de segurança, Se nem uma equipa de meia centena de técnicos de informática consegue sacar a informação!?
Observador , 24 Setembro 2014 - 22:31:50 hr.

Escreva o seu comentário

reduzir | aumentar

busy

Últimos conteúdos

Com o termo do ano de 2014, cessaram as publicações de conteúdos nesta Revista Digital de 2014.Para aceder aos conteúdos...


O número de funcionários judiciais diminuiu 9,9 por cento em seis anos, enquanto os magistrados do Ministério Público au...

A partir de 1 de janeiro, os médicos vão recuperar os 20% tirados ao pagamento do trabalho extraordinário. ...

Últimos comentários

Atualidade Tribunais Paula Teixeira da Cruz: "Não se perdeu processo nenhum"

© InVerbis | Revista Digital | 2014.

Sítios do Portal Verbo Jurídico