In Verbis


icon-doc
REVISTA DE 2013

Portugal tem 158 idosos atrás das grades

  • PDF

São reclusos, homens quase todos, com mais de 65 anos. Muitos cometeram um crime "de impulso" e as autoridades acreditam na sua fácil reintegração. O recluso mais velho em Portugal tem mais de 85 anos. Presos com mais de 65 anos têm direito a receber a pensão na cadeia

António Gonçalves, conhecido por "Xerife", líder do grupo criminoso "Mau Mau" que nos anos 90 fez vários assaltos à mão armada, é um idoso com 77 anos. Considerado perigoso, o "Xerife" passou a maior parte da vida a entrar e a sair da cadeia, o mais parecido com uma "casa" que conhece. Preso no estabelecimento prisional de Pinheiro da Cruz, o velho assaltante é um dos 158 reclusos idosos do país, ou seja, presos com mais de 65 anos, segundo dados avançados ao DN pela Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP).

Estes reclusos têm direito a pedir a reforma e a receber a pensão no estabelecimento prisional onde se encontram. O preso mais velho do país tem mais de 85 anos mas a DGRSP não revela que pena cumpre e em que prisão se encontra.

Será possível reinserir presos que passaram a vida dentro e fora da prisão? É que na faixa etária dos que têm mais de 55 anos há 1550 reclusos (homens e mulheres). São 8,4% da população prisional em Portugal, que é de 13 671 reclusos.

"Quando os condenados entram muito velhos no sistema são, por regra, pessoas que já tinham uma profissão e que cometeram um crime ocasional, como acontece nos homicídios passionais. Muitas vezes regressam à sua profissão de origem após saírem da prisão. O problema coloca-se mais com as pessoas que passaram grande parte da vida na prisão, entre entradas e saídas do sistema", explicou o diretor-geral de Reinserção e Serviços Prisionais, Rui Sá Gomes.

É o caso do "Xerife". Agora cumpre pena em Pinheiro da Cruz, para onde voltou em dezembro de 2011 após de ter sido recapturado numa operação stop da GNR. Tinha-se evadido da prisão em abril de 2011. Cumpria 24 anos de prisão por associação criminosa (sentença de janeiro de 2000) a última de duas condenações pesadas que teve na vida.

Famílias apoiam homicidas

A"reinserção dos homicidas primários, passionais, que cometem o crime uma vez só, é fácil porque as famílias não os largam e dão-lhes apoio. Dificil é para os chamados 'filhos da cadeia', os que entraram e saíram a vida toda da prisão por roubos e furtos. A esses ninguém dá uma oportunidade quando saem", comenta Marques Pinto, antigo diretor da cadeia Pinheiro da Cruz.

Reinserção difícil será sempre a de um homicida atípico como Pedro Infante, 53 anos, a cumprir pena na cadeia de Paços de Ferreira. Está atrás das grades há 27 anos, com um pequeno intervalo, quando teve direito a uma saída precária no cumprimento da pena do primeiro homicídio (da madrinha). Nessa precária cometeu mais dois homicídios qualificados, desta feita dos futuros sogros.

Pedro Infante, que tirou duas licenciaturas (em Direito e em Psicologia) na prisão, assassinou e esquartejou os futuros sogros, e guardou os corpos em duas malas. O crime foi cometido por interesse material durante em cumplicidade com a filha do casal, sua noiva.

A reinserção de Infante, mesmo com duas licenciaturas, não vai ser fácil. Como acontece nestes casos, será feito um plano de reabilitação em que se traça o perfil do recluso e se sugere um projeto de reinserção. Mas que projetos pode a sociedade ter para quem já tem três homicídios no passado? Ou para quem cometeu dezenas de assaltos?

Rute Coelho | Diário de Notícias | 18-02-2013

Comentários (5)


Exibir/Esconder comentários
...
Eu acredito na reinserção social do senhor de 85 anos.
Sun Tzu , 18 Fevereiro 2013
CONCORDÂNCIAS
Aparentemente concordo con Sun Tsu. Ou escolhemos viver onde vivemos e acolhemoos as leis locaiis ou vamo-nos!| Isso digo eu que sou um "traveller" ! só para chatear os ignorantes abbsurdos que por aqui se apelidam de "lusitânea"
Esses "lusitanicos" canibais estão a poucos passos do Coelho Tramontano da plenitude do cartão do NACIONAL RACIONAMENTO!
PEDRO SOPAS , 19 Fevereiro 2013
Todos os presos deveriam ter direito a uma pensão
smilies/grin.gifsmilies/grin.gifsmilies/grin.gif

Os contribuintes cá fora e os reformados com uma longa vida de descontos até concordam para que isso seja possível ir mais uma vez contribuir na reinserção indo viver para o bairro social multicultural...
Lá dizia o padre Américo.Não há rapazes maus...
lusitânea , 19 Fevereiro 2013
...
Quem comete um crime de "impulso" não pode ser reintegrado pela simples razão de que nuca deixou de o estar. A pena funciona aqui como um puro e simples castigo.
Valmoster , 19 Fevereiro 2013
...
Foi assim que o meu país engordou e engorda os "avôs metralha". Agora há que restituí-los à vida através dos impostos dos contribuintes. Como é possível uma sociedade deixar-se enganar ao longo destes 39 anos
O sistema , 19 Fevereiro 2013

Escreva o seu comentário

reduzir | aumentar

busy

Últimos conteúdos

A crise trouxe dúvidas novas sobre a situação do país e a actuação dos políticos. As televisões portuguesas responderam ...

Com o termo do ano de 2013, cessaram as publicações de conteúdos nesta Revista Digital de 2013.Para aceder aos conteúdos...


Isabel Moreira - Ouvindo e lendo as epifanias sobre o Tribunal Constitucional (TC) que descobriram ali um órgão de sober...

Últimos comentários

Tradução automática

Forense Agentes Públicos Órgãos Polícia Criminal Portugal tem 158 idosos atrás das grades

© InVerbis | 2013 | ISSN 2182-3138.

Arquivos

Sítios do Portal Verbo Jurídico