In Verbis


icon-doc
REVISTA DE 2012

Governo omite resultados do combate à fraude fiscal

  • PDF

O Governo não forneceu ao Tribunal de Contas (TC) informação sobre a receita proveniente do combate á fraude e evasão fiscal," não tendo sequer reportado os resultados das medidas que para o efeito foram enunciadas no relatório do Orçamento" para 2011, sublinha o Tribunal de Contas, no parecer à Conta Geral do Estado daquele ano.

Este é o segundo ano consecutivo em que o TC faz referência à insuficiência da informação sobre os resultados o combate à fraude, uma área que passou a ser escrutinada com mais atenção por parte deste organismo. A ausência de informação obrigou os técnicos do TC a fazerem a sua análise a partir do Relatório de Combate à Fraude e Evasão, que desde 2006 é anualmente entregue na Assembleia da República, mas esse documento é, também ele, insuficiente, sublinha o documento. Alguns exemplos destas omissões ilustram-se da seguinte forma: "não apresenta os resultados de forma selectiva e sistematizada, enuncia a actividade global da inspecção tributária, não discrimina devidamente os valores das liquidações adicionais e das colectas recuperadas, não releva o acréscimo de receita, por imposto, obtido com as acções específicas desse combate, nem avalia a adequação dos instrumentos jurídicos dirigidos ao mesmo", como manda a lei.

Mais, alguns dos números que ali são sumarizados como resultantes do combate á fraude, mais não são do que o resultado de "atribuições gerais de liquidação, cobrança e controlo dos impostos".

Ainda no campo da fiscalidade, o TC alerta que a Autoridade Tributária continua a não definir um critério claro sobre qual a hierarquia dos créditos a penhorar, nem a explicitar os critérios que presidem à escolha de um bem em detrimento de outro. Também subsistem falhas na fixar um prazo legal para a redução e o levantamento de penhoras em caso de pagamento ou erro, assim como os termos para um imediato ressarcimento do contribuinte lesado", apontam.

Jornal de Negócios | 19-12-2012

Comentários (2)


Exibir/Esconder comentários
...
Ladrão que rouba ladrão tem 100 anos de perdão.
Ai Ai , 20 Dezembro 2012
...
"Acabou-se a impunidade!" não é o que diz e repete sucessivamente a nossa ministra? Só nos resta acreditar. Para quê publicar os resultados do combate à fraude fiscal?
Só apanham peixe miudo, os tubarões que corroem a nossa economia fazem parte da alcateia que combate a fraude...
Pé de Vento , 20 Dezembro 2012

Escreva o seu comentário

reduzir | aumentar

busy

Últimos conteúdos

A estrutura da InVerbis está organizada por anos e classificada nos correspondentes directórios.Os conteúdos publicado...

O Estado assumiu, através da empresa pública Parvalorem, a dívida de quase 10 milhões de euros de duas empresas de Vítor...

Dos 118 homicídios cometidos em 2012, 63 tiveram familiares como protagonistas • Cinco pais e 18 padrastos detidos por a...

Pedro Lomba - Na primeira metade do ano o ajustamento negociado com a troika correu dentro do normal e expectável. Mas d...

Últimos comentários

Tradução automática

Atualidade Sistema Político Governo omite resultados do combate à fraude fiscal

© InVerbis | 2012 | ISSN 2182-3138 

Sítios do Portal Verbo Jurídico