In Verbis


icon-doc
REVISTA DE 2012

Governo mantém excepção nos salários da TAP e da CGD

  • PDF

O governo enviou ontem, aos sindicatos, uma proposta negocial, no âmbito do Orçamento do Estado para 2013, onde mantém, para os funcionários públicos, a redução redução salarial entre os 3,5 e os 10% em 2013 e a proibição de qualquer aumento salarial nas remunerações ilíquidas superiores a 1500 euros. As regras, no entanto, não são aplicáveis a todos os trabalhadores e organismos do Estado.

Além dos professores do ensino superior continuarem a receber os aumentos correspondentes à progressão na carreira, em 2013, também a TAP e a Caixa Geral de Depósito mantêm o regime de excepção já aplicado este ano.

O documento contempla, assim, o estatuto concedido às empresas públicas que operam em regime de concorrência e às quais é permitido substituir os cortes directos nos salários, entre os 3,5% e os 10%, por outras medidas que se traduzam numa redução em 5% dos custos com remunerações.

Ana Tomás | ionline | 27-09-2012

Comentários (4)


Exibir/Esconder comentários
...
Professores do ensino superior, TAP e Caixa Geral de Depósitos...
E uma estrela amarela na lapela para estes trabalhadores, que acham?

smilies/grin.gifsmilies/grin.gifsmilies/grin.gif
Herr Flick, von GESTAPO , 28 Setembro 2012
...
Para além desses, os médicos e os polícias, por exemplo, também têm conseguido levar a água ao seu moinho.

Ai se a ASJP dedicasse um terço do esforço que dedica à iniciativa "tribunal de porta aberta" (em reuniões, contactos, convites, operações de charme, tempo de desenvolvimento de ideias, etc.) a lutar pelos interesses sindicais dos juízes, o que estes não iriam conseguir!
Bolas , 28 Setembro 2012 | url
...
O ruído da ASJP até incomoda. Vou ali às Contas e já volto...
Jesse James , 28 Setembro 2012
...
Concordo inteiramente com o "Bolas" e o "Jesse James". O ruído da ASJP sobre este (e outros) assunto, de natureza estritamente sindicial (não é esse o objectivo principal da ASJP?) é verdadeiramente ensurdecedor.
Continuemos alegres e contentes, enbrenhados nos doutoramentos, mestrados e quejandos, que despachar processos, presidir a julgamentos e fazer sentenças faz calos...
Indignado , 28 Setembro 2012

Escreva o seu comentário

reduzir | aumentar

busy

Últimos conteúdos

A estrutura da InVerbis está organizada por anos e classificada nos correspondentes directórios.Os conteúdos publicado...

O Estado assumiu, através da empresa pública Parvalorem, a dívida de quase 10 milhões de euros de duas empresas de Vítor...

Dos 118 homicídios cometidos em 2012, 63 tiveram familiares como protagonistas • Cinco pais e 18 padrastos detidos por a...

Pedro Lomba - Na primeira metade do ano o ajustamento negociado com a troika correu dentro do normal e expectável. Mas d...

Últimos comentários

Tradução automática

Atualidade Sistema Político Governo mantém excepção nos salários da TAP e da CGD

© InVerbis | 2012 | ISSN 2182-3138 

Sítios do Portal Verbo Jurídico