In Verbis


icon-doc
REVISTA DE 2012

Agentes da PSP vão para ocorrências de autocarro

  • PDF

Na esquadra da PSP de São Marcos, Sintra, há agentes que se deslocam de autocarro para as ocorrências. Esta esquadra é uma das várias do Comando de Polícia de Lisboa que trabalha, neste momento, sem carros-patrulha, e a situação parece não ter resolução à vista.

Já durante esta semana, a distrital de Lisboa da Associação Sindical dos Profissionais da PSP assegurou que cerca de metade dos 1400 carros-patrulha da Comando da PSP da capital estão parados, devidos a avarias mecânicas diversas. Tanto a direcção da Polícia como o Governo negaram esta situação, assegurando que estão já em andamento procedimentos administrativos para a reparação de casos esporádicos de viaturas inoperacionais.

No entanto, ao que o CM apurou, praticamente todas as divisões do Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis) da PSP têm esquadras afectadas com a falta de viaturas e, em alguns departamentos, há mesmo falta total de carros-patrulha. As esquadras de São Marcos e Casal de Cambra, no concelho de Sintra, não têm veículos para patrulhar há cerca de duas semanas.

A fiscalização automóvel tem sido, nos últimos dias, substituída por patrulhamento apeado. Quando confrontados com ocorrências, os agentes de ambas as esquadras são obrigados a deslocar-se de transportes públicos (como o autocarro), ou até a pé.

Foi o caso da patrulha da esquadra de São Marcos que na quinta-feira à noite se deslocou a pé a uma ocorrência de violência doméstica. Tal como o CM noticia este sábado, os agentes foram alertados para uma agressão violenta perpetrada contra uma mulher. Quando a patrulha finalmente chegou ao local, o suspeito, um romeno de 32 anos, tentava já escapar do local do crime. Um polícia teve de correr, conseguindo apanhar o agressor que iniciava marcha num automóvel. O imigrante veio a ser detido por condução de viatura com taxa-crime de álcool no sangue, tendo o espancamento da vítima (companheira do detido), sido comunicado ao Ministério Público para procedimento criminal.

Para Peixoto Rodrigues, presidente do Sindicato Unificado da PSP, "a falta de viaturas na Polícia é um problema a nível nacional". "O Governo tem vindo a público afirmar que há falta de verbas, mas as mesmas verbas ainda não chegaram à PSP. É um problema que persiste há meses", concluiu o dirigente sindical.

Miguel Curado | Correio da Manhã | 16-04-2012

Comentários (3)


Exibir/Esconder comentários
...
Por que não "carrinho de rolamentos"? Um puxa e o outro senta-se. O diabo é nas subidas...

Ao que chegámos. Para onde (não) vão os nossos impostos e salários e subsídios? Apenas conheço 4 funções essenciais do Estado: segurança, saúde, educação e justiça.

Como sou eu, contribuinte, que pago a frota automóvel dos srs. ministeriáváveis (do topo à base), das emp. publicas falidas, dos inúteis institutos e fundações públicas, etc, etc (excepciono ambulâncias e bombaria), desde já consigno que não me oponho à utilização da referida frota pelas forças policiais. Não devem faltar viaturas que estejam operacionais.

São os contribuintes (eu incluído) uns idiotas chapados!!!
idiota saturado , 17 Junho 2012
...
Mas para mordomias não falta dinheiro. Entretanto, Passos Coelho nomeia 14 motoristas para o seu gabinete.
Diário da República, 2.ª série — N.º 109 — 5 de junho de 2012
http://dre.pt/sug/2s/getpartes.asp?s=udr&p=c&dr=109.2012
Maria do Ó , 18 Junho 2012
...
Venham ao Porto ver...
Mouro , 03 Julho 2012

Escreva o seu comentário

reduzir | aumentar

busy

Últimos conteúdos

A estrutura da InVerbis está organizada por anos e classificada nos correspondentes directórios.Os conteúdos publicado...

O Estado assumiu, através da empresa pública Parvalorem, a dívida de quase 10 milhões de euros de duas empresas de Vítor...

Dos 118 homicídios cometidos em 2012, 63 tiveram familiares como protagonistas • Cinco pais e 18 padrastos detidos por a...

Pedro Lomba - Na primeira metade do ano o ajustamento negociado com a troika correu dentro do normal e expectável. Mas d...

Últimos comentários

Tradução automática

Forense Agentes Públicos Órgãos Polícia Criminal Agentes da PSP vão para ocorrências de autocarro

© InVerbis | 2012 | ISSN 2182-3138 

Sítios do Portal Verbo Jurídico