In Verbis


icon-doc
REVISTA DE 2012

PJ não consegue fazer acusações a piratas informáticos

  • PDF

Segurança Desde 2011 já foram abertos dez inquéritos. Operadores não fornecem dados que permitam obter provas.

sidekingdom 12
Será também uma parte ativa do grupo Anonymous Portugal. Reivindicaram o ataque ao síte dos eurodeputados do PSD no dia 2. Segundo uma fonte conhecedora, "começaram por denunciar conteúdos pedófilos em sites e redes sociais". Ganharam o maior notoriedade quando se atreveram a penetrar no site dos eurodeputados do PSD com uma mensagem intitulada "Operação Feliz Natal". Têm página no Facebook.

antisecpt
Grupo de piratas informáticos do mesmo género dos dois outros referidos. A sua principal ação mediática foi atacar a 4 de dezembro de 2011 o site oficial do PS, referindo a existência de uma alegada conta ojfshoreda família do ex-primeiro-ministro José Sócrates. Segundo o especialista Miguel Almeida, o género de ataques perpetrados pelo AntiSec são de SQL Injection e visam aceder às bases de dados dos alvos escolhidos.

anonymous portugal
São responsáveis por uma coleção de ataques que visaram a negação de serviços (DenialofService-DDoS)."São ataques que estrangulam as redes de comunicação e os servidores dos alvos. Duram pouco tempo porque exigem o esforço concertado e continuado de muitas máquinas no planeta para atingirem o objetivo. Precisam de muitos recursos durante o tempo de ataque", explicou Miguel Almeida, consultor de segurança informática.

lulzsec portugal
Reivindicaram a maioria dos ataques no ano passado a sites do SIS, do PSD, PS, CDS, Parlamento e expuseram também os dados pessoais de 107 agentes da PSR São alegadamente uma parte ativa dos Anonymous Portugal e fazem ataques de SQL Injection para aceder a bases de dados. "São ataques mais complexos que exigem muita inteligência e conhecimento técnico. Podem aceder a informação confidencial dos alvos", refere Miguel Almeida.

Santos ou pecadores digitais?
Julian Assange afirma-se como um lutador por um mundo melhor e com menos manobras de bastidores. Kim Dotcom assume-se como um divulgador de produtos culturais à escala global. Para uns são bandidos, para outros mártires.

Diário de Notícias | 18-12-2012

Comentários (0)


Exibir/Esconder comentários

Escreva o seu comentário

reduzir | aumentar

busy

Últimos conteúdos

A estrutura da InVerbis está organizada por anos e classificada nos correspondentes directórios.Os conteúdos publicado...

O Estado assumiu, através da empresa pública Parvalorem, a dívida de quase 10 milhões de euros de duas empresas de Vítor...

Dos 118 homicídios cometidos em 2012, 63 tiveram familiares como protagonistas • Cinco pais e 18 padrastos detidos por a...

Pedro Lomba - Na primeira metade do ano o ajustamento negociado com a troika correu dentro do normal e expectável. Mas d...

Últimos comentários

Tradução automática

Forense Agentes Públicos Órgãos Polícia Criminal PJ não consegue fazer acusações a piratas informáticos

© InVerbis | 2012 | ISSN 2182-3138 

Sítios do Portal Verbo Jurídico