In Verbis


icon-doc
REVISTA DE 2012

Funcionários Judiciais contra desvalorização da carreira

  • PDF

O presidente do Sindicato dos Funcionários Judiciais (SFJ), Fernando Jorge, manifestou-se, esta segunda-feira, em Coimbra, contra a "desvalorização da carreira dos oficiais de justiça", assunto que "tem de ser discutido" com o Ministério da Justiça.

"Nos tribunais, nos últimos tempos, tem havido uma menorização dos oficiais de justiça", em contraste com "um empolamento da importância das magistraturas" e outros "intervenientes na acção judicial", afirmou Fernando Jorge, sustentando que eles são quem "faz, efectivamente, funcionar a máquina judiciária".

Esta é "uma matéria que vamos querer discutir, brevemente, com o Ministério da Justiça", sublinhou o dirigente sindical, que falava à agência Lusa, esta segunda-feira, ao final da manhã, num hotel de Coimbra, à margem da sessão da tomada de posse dos órgãos sociais do SFJ, eleitos em 21 de Junho.

O Sindicato já tem, adiantou Fernando Jorge, "o compromisso de abertura, por parte do Ministério, para essa discussão".

A menorização dos oficiais de justiça, aliada a factores como a redução de salários dos funcionários públicos e da "desvalorização do trabalho", faz com que o presidente do SFJ preveja um mandato "muito difícil" para o sindicato.

"Os próximos quatro anos vão ser muito difíceis, desde logo porque somos funcionários públicos" e "aquilo que temos visto, por parte do governo, é, efectivamente, um ataque ao funcionalismo público", salientou Fernando Jorge.

Correio da Manhã | 03-07-2012

Comentários (2)


Exibir/Esconder comentários
Não sabe o seu lugar
Os oficiais de justiça cumprem um relevante papel no sistema de justiça, mas não podem pretender ter uma relevância paralela aos magistrados ou aos advogados. As coisas são como são e não como eles queriam que fossem. Por vezes a Fernando Jorge também lhe dá para o populismo e esquece o óbvio.
Queira serenar a tal propósito.
Preocupe-se, isso sim, com a degradação das condições de trabalho e a desvalorização do trabalho por via do ataque aos salários e aos demais direitos dos oficiais de justiça. Se o fizer bem feito até arranjará aliados naqueles com quem debalde quer ombrear.
José Aranhão , 03 Julho 2012
...
A entrevista, tem na verdade grande valor, mas muito lamentável por parte do dirigente sindical, dado que o mesmo é presidente do sindicato desde quando..... Estará em vias de saída,...... para vir agora dizer uma verdade de há muitos anos e nunca pelo mesmo assumida, será que abandonou a politica para criticar os politicos....
ae , 05 Julho 2012

Escreva o seu comentário

reduzir | aumentar

busy

Últimos conteúdos

A estrutura da InVerbis está organizada por anos e classificada nos correspondentes directórios.Os conteúdos publicado...

O Estado assumiu, através da empresa pública Parvalorem, a dívida de quase 10 milhões de euros de duas empresas de Vítor...

Dos 118 homicídios cometidos em 2012, 63 tiveram familiares como protagonistas • Cinco pais e 18 padrastos detidos por a...

Pedro Lomba - Na primeira metade do ano o ajustamento negociado com a troika correu dentro do normal e expectável. Mas d...

Últimos comentários

Tradução automática

Forense Agentes Públicos Oficiais de Justiça Funcionários Judiciais contra desvalorização da carreira

© InVerbis | 2012 | ISSN 2182-3138 

Sítios do Portal Verbo Jurídico