In Verbis


icon-doc
REVISTA DE 2012

José Gomes Ferreira: «Esta medida é o maior erro político»

  • PDF


Análise de José Gomes Ferreira, SIC - 07-09-2012

Comentários (4)


Exibir/Esconder comentários
...
Na mouche...
cgf , 09 Setembro 2012
...
O jovem passos está-se a marimbar para isto ser um erro ou não. Desde que o seu padrinho (de quem apenas aparentemente se "divorciou") e os amiguinhos do partido e do estudante-modelo da UL fiquem contentes é o que interessa. O descontentamento dos trabalhadores vale ZERO para este cavalheiro.
Zeka Bumba , 09 Setembro 2012
José Gomes Ferreira a Chefe do Governo!
Este Homem é que deveria ser Primeiro-Ministro!

Deveríamos criar um novo partido livre das chamadas ideologias de esquerda e de direita com este Homem na sua liderança e como candidato a chefiar o Governo da Nação!

Estamos fartos de P$ e P$D. Queremos um partido de gente séria, competente, honesta, trabalhadora!
Gabriel Órfão Gonçalves , 09 Setembro 2012
...
(Desculpem estar a repetir-me, colocando este texto também aqui, quando já o afixei também noutro item desta Revista. Agradeço a compreensão. É que custa-me ver tanto Compatriota meu em situação desesperada.)

Passos Coelho e quem o aconselha é intelectualmente medíocre na minha opinião.
Como são, na minha opinião, Vítor Gaspar e o Álvaro.

Costumam apontar como causas da falta da receita (essencial para o equilíbrio das contas do Estado) a retracção no consumo.
Claro que é umas das causas da falta da receita.

Mas quando falam sobre as causas da retracção no consumo, raramente se lembram de enumerar a não utilização de 15% da força produtiva do País!

15% da força de trabalho do País está encostada às boxes!

E o Passos nada faz!

Mas será que há alguma coisa naquela cabeça?

Acabe com a porcaria do self-service na Galp, na Shell, na BP, na Repsol, no Continente, na FNAC, no Corte Inglés, nas portagens, etc., Sr. Primeiro-Ministro! (Lembrem-se de mais, por favor, e deixem aqui escrito, por favor.)

É pouco, ainda assim?

Pois é, mas é melhor que nada! Sempre se ia buscar uns trocos a quem passaria do desemprego para o emprego!

Seria um duplo ganho: era um subsídio de desemprego que deixava de ser dado; e era mais alguém a poder contribuir para a Segurança Social e para o IRS (por pouco que fosse).

Ao mesmo tempo, era capaz de salvar umas quantas Famílias e Indivíduos da falência! (Mais outro ganho.)

Irra! Mas o que é que a cabeça do Passos Coelho, a do Vítor Gaspar, e a do Álvaro têm lá dentro?!? smilies/angry.gif
Gabriel Órfão Gonçalves , 11 Setembro 2012

Escreva o seu comentário

reduzir | aumentar

busy

Últimos conteúdos

A estrutura da InVerbis está organizada por anos e classificada nos correspondentes directórios.Os conteúdos publicado...

O Estado assumiu, através da empresa pública Parvalorem, a dívida de quase 10 milhões de euros de duas empresas de Vítor...

Dos 118 homicídios cometidos em 2012, 63 tiveram familiares como protagonistas • Cinco pais e 18 padrastos detidos por a...

Pedro Lomba - Na primeira metade do ano o ajustamento negociado com a troika correu dentro do normal e expectável. Mas d...

Últimos comentários

Tradução automática

Atualidade Multimedia José Gomes Ferreira: «Esta medida é o maior erro político»

© InVerbis | 2012 | ISSN 2182-3138 

Sítios do Portal Verbo Jurídico