In Verbis


icon-doc
REVISTA DE 2012

MP vai ajudar a traçar perfil do traficante de seres humanos

  • PDF

Os magistrados dos Ministério Público vão ajudar a traçar o perfil do traficante de seres humanos, através de uma base de dados, o que contribuirá para compreender a "complexidade" deste crime, segundo um protocolo assinado esta segunda-feira.

O protocolo foi assinado entre a Procuradoria-Geral da República (PGR) e o Observatório do Tráfico de Seres Humanos e visa "melhorar a recolha, análise e conhecimento do tráfico de seres humanos e crimes conexos e, desta forma, potenciar a eficácia na prevenção e repressão deste tipo de criminalidade".

Para a chefe de Equipa do Observatório, este protocolo é um "passo decisivo para melhorar o conhecimento sobre este fenómeno em Portugal".

"É importante compreender quem são as vítimas de tráfico, bem como toda a complexidade do seu processo de vitimação, das rotas e práticas de recrutamento", mas também é importante "melhorar o nosso conhecimento sobre os traficantes, quem são e como operam", afirmou Joana Daniel-Wrabez na cerimónia, que decorreu na PGR, em Lisboa.

Na cerimónia, o Procurador-Geral da República afirmou que o protocolo servirá para "tornar mais sensíveis os magistrados para este tipo de crime e com mais potencialidades para o perseguir". Para Pinto Monteiro, o tráfico de seres humanos "é um crime que esquece a dignidade da pessoa humana e transforma as pessoas em coisas, que são comercializadas, compradas, vendidas, exploradas e até mortas".

Segundo o Relatório sobre Tráfico de Seres Humanos, do Observatório, em 2011 foram sinalizadas e confirmadas menos vítimas de tráfico em Portugal (48 sinalizações e 11 confirmações) comparativamente a 2010 (86 sinalizações e 22 confirmações).

Correio da Manhã | 24-09-2012

Comentários (3)


Exibir/Esconder comentários
...
Tráfico de seres humanos está este Governo a empurrar que exista neste país, onde o trabalho passe a ser escravo e onde as pessoas se vendam a si próprias e ao futuro dos seus filhos, para alimentar a corja dos bancos, das seguradoras, das edps, das PT e dos grandes grupos económicos, dos quais os políticos fazem parte ou são seus advogados. Mas isto o MP não vê. Por essas bandas, anda tudo muito «cândido».
Mirror , 24 Setembro 2012
...
Certamente este deve ser um dos observatórios que já deveria estar extinto.
Ai Ai , 24 Setembro 2012
...
Se o MP ajudasse a salvar o país perseguindo os criminosos na AR é que brilhava.
Ai Ai , 25 Setembro 2012

Escreva o seu comentário

reduzir | aumentar

busy

Últimos conteúdos

A estrutura da InVerbis está organizada por anos e classificada nos correspondentes directórios.Os conteúdos publicado...

O Estado assumiu, através da empresa pública Parvalorem, a dívida de quase 10 milhões de euros de duas empresas de Vítor...

Dos 118 homicídios cometidos em 2012, 63 tiveram familiares como protagonistas • Cinco pais e 18 padrastos detidos por a...

Pedro Lomba - Na primeira metade do ano o ajustamento negociado com a troika correu dentro do normal e expectável. Mas d...

Últimos comentários

Tradução automática

Forense Magistrados: Ministério Público MP vai ajudar a traçar perfil do traficante de seres humanos

© InVerbis | 2012 | ISSN 2182-3138 

Sítios do Portal Verbo Jurídico