In Verbis


icon-doc
REVISTA DE 2012

Violência para ter rendimento social

  • PDF

Armas, insultos, viaturas e instalações vandalizadas e ameaças à integridade física, tudo vale para ameaçar os técnicos da Segurança Social e tentar manter o Rendimento Social de Inserção (RSI). As equipas que analisam e contactam com as famílias que pedem o subsídio, e de outros serviços de acção social, trabalham sem rede, nos bairros de pior reputação.

Para breve, segundo fonte do Governo, as ameaças a técnicos da Segurança Social vão levar à suspensão da atribuição dos subsídios.

Em Setúbal, por exemplo, nas associações que prestam o serviço de apoio ao RSI o medo é permanente. "Já tivemos técnicos, a quem lhes foi pedido para esperar, e acabaram com uma pistola na mesa", conta um técnico.

Muitos dos casos são de beneficiários de RSI que, com a mudança das regras de atribuição do subsídio, acabam por perder o dinheiro. "É uma violência que resulta do desespero. É a sobrevivência de famílias que perdem a única fonte de rendimento", comenta Nuno Oliveira, assistente social da Associação de Professores e Amigos das Crianças do Casal das Figueiras (APACCF), Setúbal. Num trabalho anterior, no bairro das Marianas (Carcavelos, Cascais), Nuno recorda um jovem com uma arma: "Estava desesperado e pediu-me para desaparecer com a arma, pois tinha medo de fazer asneira".

André Pereira | Correio da Manhã | 12-03-2012

Comentários (6)


Exibir/Esconder comentários
...
Creio que a grande maioria dos beneficiários do RSI não tem este tipo de atitudes criminosas. Não sei o que possa sugerir.
Franclim Sénior , 12 Março 2012
DESCULPAS DE MAU PAGADOR

Nos anos 40 e 50, vivi num Bairro Camarário de Lisboa.

Havia pobreza.

Mas não havia criminalidade.

Estará, com isto, tudo dito?!...
Para quem souber ler nas entrelinhas, pois claro.
António , 12 Março 2012 | url
...
A solução é muito simples: se há intimidação, os funcionários só têm de lavrar auto da ocorrência, envioá-lo ao MP para instaurar procedimento criminal contra os "mânfios" e indeferir o pedido de concessão ou renovação do RSI por impossibilidade (assacável aos beneficiários) de obtenção de provas de que reunem as condições para dele beneficiarem. MUITO SIMPLES (iam ver se os malandrins repetiam a graça, era o repetias).
Zeka Bumba , 12 Março 2012
...
Caro António, é evidente que pobreza não é causa de criminalidade, pois se assim fosse, todos os pobres eram criminosos e os ricos era tudo gente impoluta. Porém, todos sabemos (até os que não querem ver e andam constantemente com o discurso dos criminosos coitadinhos) que não é assim,
Zeka Bumba , 12 Março 2012
...
Sabemos quem exerce este tipo de vilência. São os mesmos que invadem as escolas para agredir professores e exigem prioridade nas urgências dos hospitais.
Valmoster , 12 Março 2012
Surpresa
Sinceramente, estes casos não me surpreendem nada.
Aquando da chegada do FMI a Portugal com todas as suas medidas de austeridade a primeira coisa que questionei foi: "E quem vai lidar com a criminalidade ? "

É obvio que a pobreza não atrai criminalidade, mas sem dúvida que o desespero leva a actos que normalmente não fariamos. Além de todo o crime gratuito e conhecido no dia-a-dia a crise só vai aumentar o número de assaltos e agressões nos serviços públicos.

Se o Governo colocasse os milhares de soldados (que nada fazem da vida) a salvaguardar a segurança destes serviços não seria má medida.
Tiago , 12 Março 2012 | url

Escreva o seu comentário

reduzir | aumentar

busy

Últimos conteúdos

A estrutura da InVerbis está organizada por anos e classificada nos correspondentes directórios.Os conteúdos publicado...

O Estado assumiu, através da empresa pública Parvalorem, a dívida de quase 10 milhões de euros de duas empresas de Vítor...

Dos 118 homicídios cometidos em 2012, 63 tiveram familiares como protagonistas • Cinco pais e 18 padrastos detidos por a...

Pedro Lomba - Na primeira metade do ano o ajustamento negociado com a troika correu dentro do normal e expectável. Mas d...

Últimos comentários

Tradução automática

Atualidade Direito e Sociedade Violência para ter rendimento social

© InVerbis | 2012 | ISSN 2182-3138 

Sítios do Portal Verbo Jurídico