In Verbis


icon-doc
REVISTA DE 2012

Júdice: Marinho Pinto "ultrapassou todos os limites"

  • PDF

O ex-bastonário José Miguel Júdice considera que as declarações de Marinho Pinto sobre a ministra da Justiça "ultrapassaram todos os limiares da boa educação" e que o objectivo do actual bastonário é "visibilidade" pessoal.

Durante o programa "Conversas Improváveis", transmitido domingo à noite na SIC Notícias, o Bastonário da Ordem dos Advogados, Marinho Pinto, disse que a ministra Paula Teixeira da Cruz era "uma barata tonta", uma "traiçoeira, em quem não se pode confiar". O bastonário acusou ainda a responsável política de não saber "o que faz" e disse que o poder lhe [à ministra] "subiu à cabeça".

Em declarações à agência Lusa, o ex-bastonário José Miguel Júdice considerou hoje que Marinho Pinto "ultrapassou todos os limiares da boa educação". Para Júdice, "a última coisa que um homem deve perder é a boa educação". "Pode-se ser muito agressivo politicamente, pode-se discordar muito fortemente, mas não há nenhuma razão para se ser mal-educado e acho que ele foi muito mal educado", afirmou.

O ex-bastonário sublinhou não ter ouvido as declarações de Marinho Pinto - realçando que as opiniões do actual bastonário lhe são "indiferentes" - mas disse que acabou por lê-las na imprensa: "Não ouço o que ele diz porque não me interessa nada".

"A crítica política é perfeitamente legítima, mas não pode descer tão baixo. A Ordem dos Advogados não ganha nada com isto. O senhor doutor Marinho Pinto provavelmente ganha visibilidade e os jornais a falarem dele, mas a Ordem não ganha nada com isto, com uma guerra feita desta forma contra uma senhora que está a desempenhar o seu papel da melhor maneira que pode e sabe", defendeu.

Para José Miguel Júdice, as declarações de domingo são "o estilo" de Marinho Pinto, que "tem imenso sucesso".

A decisão de o Ministério da Justiça não reagir às declarações de Marinho Pinto é aplaudida por Júdice, que lembra que esta não é a primeira vez que o bastonário critica Paula Teixeira da Cruz e sublinha que "a ministra tem mantido o silêncio absoluto porque é uma pessoa bem educada e não desce ao nível do dr. Marinho Pinto".

Lusa / Negócios | 30-04-2012

Comentários (24)


Exibir/Esconder comentários
...
"Marinho Pinto, disse que a ministra Paula Teixeira da Cruz era “uma barata tonta”, uma “traiçoeira, em quem não se pode confiar”. O bastonário acusou ainda a responsável política de não saber “o que faz” e disse que o poder lhe [à ministra] "subiu à cabeça"".
Nunca concordei com o estilo de Marinho Pinto, e nunca esperei vier a concordar com ele. O futuro dirá, mas que começa a não ser promissor quanto àss esperanças depositadas na Ministra, não.
Veremos , 30 Abril 2012
...
A boa educação Sr. Dr. Miguel Judice está nas palavras e sobre tudo nos actos, a Sra. Ministra não pratica nem actos nem profere palavras de uma pessoa de bem!
Pé de Vento , 30 Abril 2012
...

Pois é, mas já era altura da Senhora Ministra quebrar o silêncio e por o senhor na ordem!!!
Infelizmente é por estas e outras que temos por aí gente que diz e faz tudo o que quer e no entanto continuam intocáveis.

Já é sabido que este senhor BOA é o que é, mas por favor haja alguém com coragem que lhe ponha as rédeas!!!
indignada , 30 Abril 2012
...
O Dr. Judice está com receio, não vá perder os ajustinhos diretos...., por isso, toca a dar a devida palmadinha nas costas.... Quanto ao mais, o Marinho, com ou sem estilo, disse uma verdade: esta ministra é mediocre....concerteza não passava no exame da ordem...
Abraços
Alice no pais dos miseráveis , 30 Abril 2012
Nada de novo...
Sobre Marinho tudo já foi dito...é uma lástima de BOA.

Sobre Judice...outro BOA lastimoso...apenas esta a defender um dos clientes mais importantes da PLMJ...o Estado.
miguel ferreira , 30 Abril 2012 | url
...
Olha quem fala. O tubarão da advocacia que até exigia que o Estado consultasse a sua firma de advogados para cocursos de outsorsing !!!
Zangam-se os ccompadres e descobrem-se as verdades. Este tubarão está a ver figir-lhe o seu cliente principal. O Estado. A vai daí defende a Srª ministra como se fosse a rainha de inglaterra.
Haja decoro. O Dr Marinho Pinto disse as verdades que ninguém é capaz de dizer, mas que toda a gente sente. Onde está a sua competêncnia tão badalada e apregoada pelos mesmos que andam a viver à sombra do Estado. E este é um deles. Limita-se a angariar clientela para a trupe que trabalha para ele.
Nunca votei Marinho Pinto , mas também não votei J-M. Judice. São aves da mesma pena. Só que cantam sons diferentes.
Mona Lisa , 30 Abril 2012
...
Força Marinho!
Toca a cascar nestes indignos!
Audax , 30 Abril 2012
Este é o «nosso povo»
Aqueles que continuam a gritar: força Marinho! Toca a cascar» e outras do mesmo género, são verdadeiramente «a nossa gente» E com esta malta não podemos entrar verdadeiramente no clube dos civilizados. Este é que é «o nosso povo».
Fresco (para os amigos... Fresquinho) , 30 Abril 2012
...
outsourcing no estado só por concurso.
ABC , 30 Abril 2012
Senhor , Comentário com excessivos votos negativos [Mostrar]
que comadres...!
Se calhar é a única coisa em que o BOA tem razão: os negócios do Estado com os grandes escritórios da advocacia.
Ele a defender o "proletariado" da Ordem e este a "burguesia" da advocacia: entre um e outro, venha o diabo e escolha, que vai bem servido!
Juiz de linha , 30 Abril 2012
...
Júdice tem razão, independentemente dos motivos que o movem serem ou não os melhores. O homem é mesmo um malcriado arruaceiro.
Sun Tzu , 30 Abril 2012
Nada de novo
BOA é caso clínico!
Nada de novo , 30 Abril 2012
Figura DE ESTILI [grosso e malcriado]
Parece que já todos se esqueceram que o Senhos M. P. surgiu na " ribalta" da advocacia começando por dizer mal dos dirigentes distritais da OA,acusando-os de serem despesistas e "explorarem o negócio " da formação!
Todavia, hoje a formação da OA é muito deficiente, mais cara e de pior qualidade, apesar de ter sido entregue a alguns amigos do M. P.
Aliás, tenho sérias dúvidas de que ele passasse nos exames da OA. Creio mesmo que em 2 têxteis não tería nota 10.
Sendo certo que o sr. M. P.,apesar do seu chorudo vencimento, nada fez pela justiça ou, pelos advogados.
Fica no entanto o seu estilo trauliteiro e de grande desprestigio para a advocacia e para a OA, cujos agentes judiciários já nem sequer ouvem.
COMPADRE ALENTEJANO , 01 Maio 2012
...
Tendo este país um governo de "baratas tontas" como classificar os seus administradores, perdão, ministros?
Não vejo razão para alaridos.
Quanto á senhora em questão , parce ser incontornável que a mesma descobre a pólvora quase diáriamente!
Mas nunca explode!
só faz:
Pfffffffffffffffff....

Audax , 01 Maio 2012
Isto é crime
Se a Ministra da Justiça não participar criminalmente contra o fulano, perco a consideração por ela. Isto chegou a um limite insustentável.
Mendes de Bragança , 01 Maio 2012
Dr. Victor Frankenstein e a sua criatura
Não, COMPADRE ALENTEJANO, parece, sim, "que já todos se esqueceram que o Senhor M. P. surgiu na ribalta da advocacia" pela mão de Júdice (!), numa comissão da OA para os direitos, liberdades e garantias (ou coisa parecida)... e por ter dito no Parlamento (o que lhe valeu a demissão) que os juízes são quem mais viola os direitos fundamentais dos cidadãos em Portugal.
Júdice é o pai (público) desta criatura, mas agora parece que quer rejeitá-la e dizer que não é nada com ele.
Ironia do destino.
Digo , 01 Maio 2012 | url
...
O Marinho Pinto é um e----o e como e-----o tem sempre uns perdigotos a envolvê-lo. Mas é um e-----o que se sente acima da lei.
É um e-----o rico intocável porque conta com a vassalagem do PGR e de outros do MP. Não me esqueço do que aconteceu à denuncia feita por um juiz de instrução pelas injurias praticadas pelo BOA. Recordam? O MP arquivou à pressa porque não se queria meter com o BOA. Felizmente esse procurador não teve o lugar que esperava ... na administração publica. Bem feito! O CSMP não pactuou com esta conduta. Mas o e-----o continua a ... cuspir para o ar.
Luis , 01 Maio 2012 | url
...
"Barata tonta" vem nos dicionários e significa pessoa atónita, desnorteada. A referência foi feita à sua actividade como ministra e dentro do contexto certo. A expressão é correcta, não é ofensiva e faz parte da liberdade de expressão da pessoa política relativamente a políticos. Ai de mim ou dos meus clientes que são julgados por alegados juízes que pensam o contrário. Sabem o que é a liberdade de expressão? Sabem pensar antes de julgar? Duvido.
Silva , 01 Maio 2012
...
A verdade é a verdade venha de onde vier...
contra legem , 01 Maio 2012 | url
...
Mais umas traulitadas do jornaleiro!!!
The reason , 01 Maio 2012
...
Audax tem razão... o seu único problema é ser nome de traidor (Viriato que o diga).
um outro juiz , 02 Maio 2012
Ser bastonario para se promover...
Marinho Pinto é um fracassado, que viu na Ordem dos Advogados uma forma de se promover e tirar daí dividendos, estando a descridibilizar a classe dos advogados e consequentemente a estragar e a prejudicar a OA.

Os estragos que este a*****o tem vindo a infrigir na oA é tal que jamis esta será reconhecida quando este se for embora no final do mandato e ficará conhecido como o pior e mais grosseiro bastonário da Ordem.

No futuro que este sr. deu à ordemm esta perderá toda a influencia que o Estado havia delegado nela, incluindo a propria e ridicula formação aos jovens advogados, que me leva a acreditar que deverá sair da alçada da ordem uma vez que tal situação não puderá ficar ao livre arbitrio de qualquer fracassado, que insiste em investir no limitar o acesso à profissão, contornando a decisão do tribunal constitucional.

A ordem so esta a colher os frutos que semeou ao eleger um embroglio, ignorante e grosseirão para bastonário, e mais verão no futuro os estragos que fez na OA.

O estado deverá em breve tomar posição sobre o que se passa na OA, afinal esta so existe para prossegir os poderes que por ele foram delegados,...

A OA que deveria pautar pelo cumprimento integral das lei e regulamentos, não o faz e a prova disso é que o Tribunal constitucional, tem vindo a obrigar a OA a seguir outro caminho ...alem do ignorar em absoluto o regulamento dos estágios, como serem 2 estagios por anos e este so abrir um, publicar resultado das provas quando lhes apetece quando têm 15 dias para o fazer.. bem muito havia que dizer, mas o alivio vem em saber que este se vai embora definitivamente no final do mandato e certamente será recordado pelo ridiculo, fracassado e triste fulano que usou a OA para se promovei prejudicando a OA, o país e as familias que investiram recursos na formaçao do filho e vem um qualquer i****a impedir o acesso á profissão...
Legis , 06 Maio 2012
...
Tlz agora se perceba (melhor) a pachorra que os advogados estagiários têm tido pra aturar "bocas" vindas do M.I BOA...
mm , 06 Maio 2012

Escreva o seu comentário

reduzir | aumentar

busy

Últimos conteúdos

A estrutura da InVerbis está organizada por anos e classificada nos correspondentes directórios.Os conteúdos publicado...

O Estado assumiu, através da empresa pública Parvalorem, a dívida de quase 10 milhões de euros de duas empresas de Vítor...

Dos 118 homicídios cometidos em 2012, 63 tiveram familiares como protagonistas • Cinco pais e 18 padrastos detidos por a...

Pedro Lomba - Na primeira metade do ano o ajustamento negociado com a troika correu dentro do normal e expectável. Mas d...

Últimos comentários

Tradução automática

Forense Profissionais Liberais: Advogados Júdice: Marinho Pinto "ultrapassou todos os limites"

© InVerbis | 2012 | ISSN 2182-3138 

Sítios do Portal Verbo Jurídico