In Verbis


icon-doc
REVISTA DE 2012

Advogados têm 4,5 milhões de euros de quotas em atraso à OA

  • PDF

Dos 4736 advogados com mais de três quotas em atraso, apenas 1781 tinham pago a dívida até às 20 horas de domingo.

De acordo com Elina Fraga, vice-presidente do Conselho Geral da Ordem dos Advogados (OA), ao fim da noite "ainda houve um número significativo de advogados" a regularizar a situação, uma vez que o prazo estipulado terminou às zero horas de ontem.

Hoje, os que continuarem sem pagar vão sofrer a suspensão do certificado digital por 30 dias, que será depois revogado se a situação não for alterada. Nenhum advogado, dos 28 135 no ativo, deixará de poder exercer, mas a falta do certificado digital impede que, por exemplo, "deixam de poder remeter processos para os tribunais através da plataforma Citius" ou de aceder à sua área reservada no site da OA. Com esta medida, a Ordem encaixou 1,08 milhões de euros, de uma dívida de 3,7 milhões, correspondente a mais de três meses. O valor global de todas as quotas em atraso é de 4,5 milhões.

Na opinião de Elina Fraga, há várias causas que contribuem para este valor que "tem vindo a aumentar paulatinamente". E explica: "O processo de massificação da advocacia, a falta de clientes, os clientes com fracas condições económicas, é um fenómeno global...".

Porém, sublinha, ao contrário do que se possa pensar, não são os advogados com menos recursos, e que integram o sistema de acesso ao direito, os maiores devedores. Estes, têm de pagar a dívida, "uma vez por ano", pelo menos, porque senão deixam de poder receber oficiosas.

Marinho e Pinto revela que algumas das dívidas são "incobráveis" porque pertencem a advogados que já faleceram ou que deixaram de exercer. Mas, quanto aos restantes, o bastonário da OA, frisa que serão punido disciplinarmente e que as ações de cobrança vão ser remetidas aos tribunais. Fora de questão está o aumento das quotas, garante.

NÚMEROS

37,5 euros mensais
Pago pelos advogados a exercer há mais de quatro anos. Jovens pagam metade

Última atualização
Desde 2004 que as quotas não são atualizadas. Os advogados reformados passam a pagar 100% em 2013.

1773 reformados ativos
Os advogados reformados têm autorização a exercer, pagando metade da quota

Jornal de Notícias | 02-10-2012

Comentários (4)


Exibir/Esconder comentários
...
Acho piada ao Grande Jornaleiro. A justiça deveria ser de borla para todos. Mas o pagamento das quotas à ordem, isso é sagrado. E os laudos de honorários? São à borla???
Zeka Bumba , 02 Outubro 2012
...
Agora, no fim do seu mandato, o jornaleiro quern tirar as "ceroulas" aos "descamisados" que o elegeram!
Será que é por já não precisar deles?
Que desilusão, para quem, apenas, teve como propósito, cuidadar do seu (dele) vencimento.
Em 5 anos de mandato pouco...ou, nada fez, pela advocacia e, pelos advogados!
O COMPADRE ALENTEJANO , 03 Outubro 2012
Preso por ter cão...
Eu ressabiado me confesso, mas neste caso acho que o Bastonário e o C.G., teem razão.

Não acho nada digno da parte de certos comentadores a tempo inteiro que defendam implicitamente os Advogados que podem pagar as quotas mas por comodismo, espertismo ou outros ismos como o laxismo (da Ordem), não pagam, mas continuam quotidianamente a usufruir de serviços supostados com as quotas pagas pelos outros, entre os quais me incluo.

Fica mal a quem se diz defender e aplicar a justiça ao caso concreto vir (implicitamente) defender relapsos só porque quer "malhar" no Bastonário. Quem defende a justiça deve defende-la sempre e em todos os casos de injustiça.
Se podem pagar e não pagam, não devem usufruir de serviços suportados pela Ordem com as quotas dos cumpridores.

Quanto ao termo "descamisados", termo com que alguns querem dar a ideia de que estão bem "encamisados", é desprimoroso e normalmente aqui usado por gente da área da justiça que come do Orçamento de Estado, e que se tivesse de angariar a sua própria clientela, adiantar dinheiro ao Estado que recebe tarde e mal, e se receber, e lutar pelo seu vencimento mensal certamente estaria bem calada.

A Advocacia é uma profissão livre e muito digna, os Advogados não têm de votar em A ou B para agradar ou não desagradar a quem quer que seja, muito menos a alguns imbecis com canudo.

Bolas, já me puseram ressabiado !!!
Um ressabiado , 03 Outubro 2012
...
Acho piada a uns quantos que por aqui andam que, em tribunal tanto defendem os relapsos, mas quando toca a pagar quotas ao sindicato, deviam, no mínimo, serem enforcados por serem relapsos.

Coerências...smilies/grin.gif
Zeka Bumba , 07 Outubro 2012

Escreva o seu comentário

reduzir | aumentar

busy

Últimos conteúdos

A estrutura da InVerbis está organizada por anos e classificada nos correspondentes directórios.Os conteúdos publicado...

O Estado assumiu, através da empresa pública Parvalorem, a dívida de quase 10 milhões de euros de duas empresas de Vítor...

Dos 118 homicídios cometidos em 2012, 63 tiveram familiares como protagonistas • Cinco pais e 18 padrastos detidos por a...

Pedro Lomba - Na primeira metade do ano o ajustamento negociado com a troika correu dentro do normal e expectável. Mas d...

Últimos comentários

Tradução automática

Forense Profissionais Liberais: Advogados Advogados têm 4,5 milhões de euros de quotas em atraso à OA

© InVerbis | 2012 | ISSN 2182-3138 

Sítios do Portal Verbo Jurídico