In Verbis


icon-doc
REVISTA DE 2015

Ex-PGR acusado de impedir investigações aos poderosos

  • PDF

"No tempo do Dr. Pinto Monteiro, quem tinha processos mediáticos, como regra, acabava com um processo disciplinar", recorda António Ventinhas.

O novo presidente do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público acusa o antigo procurador-geral da República, Pinto Monteiro, de impedir investigações aos mais poderosos.

António Ventinhas disse à Antena 1 que quem tinha processos sensíveis acabava por ter a carreira prejudicada.

"No tempo do Dr. Pinto Monteiro, quem tinha processos mediáticos, como regra, acabava com um processo disciplinar", recorda, acrescentando que "com este tipo de atitude não havia grande incentivo para investigar pessoas poderosas".

"Suscitava-se uma grande polémica à volta daqueles colegas que estavam a investigar processos sensíveis e, muitas das vezes, os colegas acabavam com processos de averiguações ou processos disciplinares. É claro que, com este tipo de atitude, não havia grande incentivo para investigar pessoas poderosas, porque determinadas atuações podiam acabar em prejuízo para a carreira", indica o sindicalista.

Notícias ao Minuto | 25-03-2015

Comentários (13)


Exibir/Esconder comentários
...
Face a estas declarações, urge que o antigo PGR venha a terreiro esclarecer o assunto.
Indignado , 25 Março 2015 - 19:55:12 hr.
...
A partir deste momento passo a ter a maior consideração e o máximo respeito pelo Presidente do Sindicado dos Magistrados do Ministério Público.
Quem tem a coragem de produzir declarações teste teor, merece a nossa consideração. Não tenha medo e continue assim.
Parabéns, assim como à Senhora PGR.
Agora o Ministério Público está no bom caminho e em boas mãos.
Alcides , 25 Março 2015 - 22:38:35 hr.
...
Só teve coragem de dizer o óbvio e o que já todos sabiamos.

Ou ainda há quem acredite que o almoço com o Sócrates foi para falar do livro..?

Pode ser que acabe a época dos arquivamentos e das prescrições desta República das Bananas
ÓBIO , 25 Março 2015 - 23:38:15 hr.
...
eu nestas coisas é assim, ou se participam factos concretos ou vir só com conclusivas não me agrada
tavares de mesão frio , 26 Março 2015 - 08:59:44 hr.
... , Comentário com excessivos votos negativos [Mostrar]
conversa
Diz o Manuel António:
que há quem se sirva do Estado para praticar ilicitos criminais, essas pessoas são alguns dos Senhores Procuradores do Ministério Público e até Senhores Juízes. Quer exemplos
Quero
Quero que denuncie o que tem a denunciar, sem ser aqui, no recato da internet
Quero que, se tem conhecimento de situações, dessas, as participe aos orgãos competentes
Quero
Quero que as pessoas se deixem disto, de lançar calúnias
Quero que as pessoas assumam o que dizem
Mas, Manuel António... já sei que não o vai fazer, não é verdade? É muito confortável estar aqui a lançar a lama sem se ser por isso responsabilizado... pois é...
clarinho , 26 Março 2015 - 11:47:53 hr.
...
Oh meu caro amigo "Clarinho", não pense que mete medo! Para mim esses desafios nada me dizem, porque os assuntos em questão já foram devidamente denunciados, inclusivé com documentos e até ora todos os Senhores Procuradores que os têm analisado, têm fechado os olhos. Houve até um Senhor Procurador que teve aq ousadia de me ameaçar com a possibilidade de me ser instaurada uma denúncia caluniosa. Que mova à vontade. Não pense que me mete medo. Eu tenho as provas dos factos e sei o que digo.
Manuel António , 26 Março 2015 - 14:36:53 hr. | url
MANEL ANTÓINO
Sr. Manuel António:

Tem provas documentais de vários ilicitos criminais praticados por diversos Magistrados? A sério? Vários crimes de vários magistrados??? (ou um crime de mais do que um magistrado?)

Então das duas uma:

a) Ou pertence a um órgão de polícia criminal e obteve tais elementos probatórios no âmbito de um investigação. Neste caso não deveria andar aqui a divulgar tais factos, ou,

b) Tem um distúrbio de personalidade delirante e deve ter algum cuidado. É que, tal como vem recomendado na bula, em caso de se esquecer de tomar a medicação, não deve tomar tudo de uma vez de forma a tentar "pôr em dia" a medicação, caso contrário arrisca-se a vir parar por estas bandas e a escrever comentários que numa escala de 0 a "cúmulo rídículo" atíngem o máximo até hoje registado.

Vá, identifique-se e crie um link para todos vermos os documentos que diz ter! Se assim for eu próprio darei entrada de uma participação criminal.

Não seja acanhado! Não vale dizer só que não tem medo, tem que o DEMONSTRAR!
ÓBIO , 26 Março 2015 - 20:39:04 hr.
...
Com que então meu caro amigo "OBIO", o Senhor acha que eu sou assim tão ingénio que viesse criar um link, para nele publicamente inserir nomes dos visados e respectivos indicios que lhes imputo? Sinceramente. Achava o Senhor "OBIO" bem mais intiligente. E a participação criminal que o Senhor se propunha efectuar, desculpa que lhe diga, mas a dita participação que o Senhor se propunha fazer, não era contra os visados, mas sim contra a minha pessoa. E o Senhor já a esfregar as mãos de contente, pensando que eu caía no seu engodo. As participações estão feitas, não preciso da sua ajuda Senhor "OBIO", aliás dispenso-a, o que precisava é que os Senhores Procuradores que analisaram tais participações criminais, as tivessem analisado com imparcialidade e zelo, por forma a não proferirem, como proferiram, despechos que são uma AUTÊNTICA VERGONHA. Repito, uma autêntica vergonha, que quem os proferiu até devia se devia de ser obrigado a indemnizar o Estado, devido ao salário que aufere lhe ser imerecido. Quanto aos medicamentos, deixe-me que lhe diga amigo "OBIO", que aconselho-o a consultar um psiquiatra ou então internar-se no Hospital Júlio de Matos.
Manuel António , 28 Março 2015 - 12:06:34 hr. | url
MANEL ANTÓINO
Achava-me mais "INTILIGENTE" porquê?

Conhece-me de onde?

Isto é com cada um...

ÓBIO , 28 Março 2015 - 14:51:53 hr.
Bem prega
Há muito pouco tempo um Bastonário da Ordem dos Advogados era aqui zurzido diáriamente e em vários post em simultâneo por não concretizar as asua afirmações sobre diversos temas, e nomeadamente sobre o estado da nossa justiça. Todos lhe caíam em cima, incluindo alguns juízes, magistrados do MP e muitos cirróticos da net.

Agora é o próprio chefe do sindicato que utiliza a mesma estratégia vaga e sem consequências contra um antigo superior hierárquico, lançando a suspeita e a lama sobre a sua idoneidade, e os comentadores habituais dizem que é tempo do visado se justificar (de abstracções, acrescento eu)!

Afinal parece que os magistrados do MP não votam com melhor critério que os "descamisados da advocacia" (termo de autoria desconhecida muito usado nestas páginas) .

Lendo os posts acima, até parece que o PREC está a chegar à Justiça.

Ora, Ora!!! , 28 Março 2015 - 22:58:10 hr.
...
É verdade, meu Caro Ora, Ora!!! Só atoardas generalistas para o ar não chega.
Sun Tzu , 29 Março 2015 - 13:14:57 hr.
Onde ´ha fumo deve haver fogo!
Boas de facto até faz todo o sentido fazer uma investgaçao ao anterior pgr e acho que motivos nao devem faltar.Ainda me lembro do fax de Macau do deixar cair a ponte de Entre os Rios porque a reparaçao nao dava luvas para ninguém , das fundaçoes de politicos conhecidos qual lavandaria ,do BPN do negócio do Siresp que custou 8xmais abeçoado Dias Loureiro, tudo gente da maior crediblidade,estes urubus pavoneian-se
impunes,no entanto aquele cidadao que mandou o PR trabalhar em menos de uma semana estava pronto a ser processado,dois pesos e duas medidas
Da maior inovaçao em corrupçao (comprar) açoes por 1 com a garantia de vender a mais do dobro!
Sempre achei a ordem de destruiçao das escutas e o recortar de documentos foi a cereja no topo do bolo.! Mas investigar é a parte fraca do Mp que usa mais o branqueamento a engenharia da prescriçao e arquivamento que ja vem de longe.Veja-se os cerca 350milhoes da corrupçao dos submarinos que todos vamos ter de pagar, todo o mundo sabe que houve corrupçao Ha condenados na Grecia e na Alemanha mas cá nada até parece que tambem tiveram comissao?
Se o mp fosse mais isento e ou imparcial e de facto investigasse ,o país teria menos corruptos ou antes devo dizer menos ladroes certificados em roubar o estado.. Até era bom para o povo saber com quem está metido
Honesto era o Salazar e a minha avó ja dizia atras de mim virá quem bom de mim fará!
Queimado , 20 Dezembro 2015 - 23:35:53 hr. | url

Escreva o seu comentário

reduzir | aumentar

busy

Últimos conteúdos

Com o termo do ano de 2015, cessaram as publicações de conteúdos nesta Revista Digital de 2015.Para aceder aos conteúdos...

Relatório de gestão da comarca de Lisboa revela falta de dinheiro para impressoras, papel higiénico, envelopes e lâmpada...

Mudança ignorou dúvidas de constitucionalidade levantadas pelos dois conselhos superiores dos tribunais, pela Associação...

Portugal assinala 30 anos de integração europeia a 1 de Janeiro, e três décadas depois de ter aderido à então Comunidade...

Últimos comentários

Forense Magistrados: Ministério Público Ex-PGR acusado de impedir investigações aos poderosos

© InVerbis | Revista Digital | 2015.

Arquivos

• Arquivos 2012 | 2013 |2014 |
Arquivo 2007-2011
Blog Verbo Jurídico
(findo)

Sítios do Portal Verbo Jurídico